Resenha - A Última Música

Autor(a): Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 397
Avaliação: ☆   ☆   ☆      
Skoob


Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. 

Minha Opinião:

  Ahh Nicholas Sparks...O tão comentado (e elogiado) autor de romance. Há muito tempo queria ler algo escrito por Sparks, apesar de seus livros serem baratos e tudo mais, eu nunca tive a oportunidade, ate agora. Fiz a leitura através de um viajante do skoob.
   As expectativas estavam altas, o interesse imenso, e sinceramente eu não sei o que todos os sentimentos que senti significam. Se eu gostei? Eu adorei o livro! A Última Música é emocionante, e nos ensina muita coisa.
   Em A Última Musica conhecemos Ronnie a adolescente rebelde que culpa o divorcio dos pais pela causa de seus problemas. Seu pai Steve, pianista na época, vive de shows e isto acaba o levando para vários lugares do país, ate que em uma dessas viagens ele decide não retornar para casa. Após a ida sem volta de seu pai, Ronnie passa a ignora-lo durante três longos anos.
   Atualmente com dezessete anos ela se vê obrigada a passar o verão inteiro ao lado do tão odiado pai. Seu único consolo é seu irmão Jonh de dez anos que ira acompanha-la na viagem. Mais o que ela não esperava era que seu pai fosse um homem gentil, amoroso, bondoso e fiel. Ela passa-se a se perguntar se a decisão de passar três anos sem se falar foi uma boa decisão.
Na cidade costeira da Carolina do Norte, onde seu pai vive, ela conhece Blaze uma amiga perturbada e seu namorado mais perturbado ainda Markus. Mais a pessoa mais importante que ela conhece é Will um rapaz muito fofo, gentil, inteligente, e bonito. E quando menos espera percebe-se apaixonada por ele.
   O futuro nos reservas surpresas, e sem perceber vemos nossos tapetes serem puxados, e a história se passa em uma busca de perdão, compaixão, a esperança de recuperar o tempo perdido, um amadurecimento extraordinário. A história nos faz rir e chorar e porque não pensar na vida? Sim, paramos para analisar nossas atitudes. Será que tudo que fazemos tem realmente um bom motivo? E se fossem baseados em mentiras? A Última Música nos mostra como todo o tempo pode ser precioso, que o perdão sempre será bem vindo, o amadurecimento sempre será benéfico, o recomeço sempre é a melhor opção, enfim. A história trata de amor, amizade, perdão, recomeço e fé.
   O final é de uma forma esperado, mais mesmo assim nos faz chorar e ficar com o coração apertadinho.
Que venha outros Sparks!
E vocês já leram a A Última Música? E outros livros do autor?
Comentem Muiito *-*

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Rafaella Ehlke27/06/2012 15:02

    Dos livros do Sparks A última música foi o que eu chorei mais. Tinha visto o filme primeiro, mas mesmo assim li e me impressionei. Não sei qual foi meu favorito (livro ou filme) porque ambos fizeram a minha pessoa desidratar. 
    Eu já li a maioria dos livros do Sparks e os que mais me emocionaram foi esse e Querido John, recomendo a leitura e sei que você não vai se arrepender.
    Beijos
    http://laviestallieurs.blogspot.com.br/ 

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    os lviros dele são mto lindos neh?? Esse em questão aida não li, mas todas as resenhas dizem que é mtooo bom, que pena que não gostoo de livros tristes rsrsrs

    http://blog.vanessasuroz.com.br

    ResponderExcluir