Resenha - Querido John


Autor(a): Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 288
Avaliação: ☆   ☆   ☆       
Skoob

Nicholas Sparks, autor número 1 de best-sellers, traz agora uma história inesquecível de um jovem que tem que tomar a decisão mais difícil de sua vida, em nome de seu grande amor.
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.



Minha Opinião:

   Querido John é o segundo livro de Sparks que eu leio, o primeiro foi A Última Música (confira a Resenha), confesso que ainda não discerni os sentimentos que tenho pelo livro. Não é exatamente o que eu esperava, não estou dizendo que seja ruim, mas sim surpreendente de diversas formas.
   John Tyree é um rebelde sem causa, mora com o pai e foi abandonado pela mãe, mais tudo bem ele não se lembra dela mesmo. Após terminar o colegial ele decide não cursar uma faculdade como todos os seus colegas. Apesar de ser inteligente ele prefere ficar pulando de emprego em emprego, bebendo e curtindo a vida a sua maneira. Até que um dia ele percebe que não é exatamente o que ele desejava para sua vida e decidi se alistar no exercito, local onde é reconhecido e faz carreira.
   Em uma licença ele vai visitar seu pai. Lá ele conhece Savannah tornam-se grandes amigos e dois jovens apaixonados. Sua licença só dura 15 dias e após diversas promessas de amor e de manterem contato John parte para o Exercito. Sera que o amor pode superar a distancia? Será que pode superar o tempo?
  Querido John nos trata sobre a superação de uma maneira singular. Através dos relatos de John acompanhamos este grande amor e seus obstáculos. Porem além da relação de John e Savannah merece destaque a relação entre John e seu pai. Um relacionamento conturbado que descobrimos como lidar no decorrer da trama. A relação entre ambos nos abre os olhos para aquilo que esta em baixo de nosso nariz e não nos esforçamos para enxergar. O fato corriqueiro que todo ser humano só da valor para aquilo que perde. Nos mostra como nossas atitudes influenciam nosso futuro, ao curto ou longo prazo.
   O Final do livro é surpreendente! Eu confesso que esperava algo diferente, mas o amor é justamente desejar a felicidade de outrem independente da maneira que a mesma vem. E após analisar um pouco fiquei “levemente” satisfeita com o mesmo. Mais se acontece-se de forma diferente, eu iria adorar. Kkk. Mas é como a vida, nem tudo o que querem é o que podemos ter.

Beijos e não deixe de Comentar ;)



Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Fran Borges08/11/2012 21:36

    Oi Gih!

    Do autor li apenas O Casamento e gostei. Já ouvi falar desse livro e que o final dele é um pouco tenso, como alguns do Nicholas. Também não assisti o filme então não tenho ideia da história, mas gostei muito da sua resenha. Os relacionamentos no livros parecem bastante intensos. Parabéns

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Helanaohara08/11/2012 21:38

    Ai caramba. Li Diário de uma Paixão. Noites de Tormenta e O Milagre, são os únicos livros dele que gosto. O resto dificil :(
    Vou ler agora, ou tentar Um Porto Seguro, vamos ver se rola.
    Querido John, o filme é muito bonito, o livro não sei nem se vou ler.

    ResponderExcluir
  3. natalia vieira08/11/2012 23:17

    Oi Gih!

    Parabéns pela resenha!

    Esse foi o primeiro livro que li do Nicholas, e confesso que eu esperava mais do final do deste livro. Mas caso pararmos para pensar, o grande "final", que ao longo da narrativa nós já imaginamos mais ou menos como fosse acaba nos surpreendendo, porque não foi o que imaginamos ou pelo menos não foi o que eu imaginei ._.

    Beijos :*

    Natalia.

    Ell ~ http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Natalia!
    Justamente isso, o final esperado não acontece! E isto nos choca um pouco, mas depois de analisar percebemos o quanto é surpreendente e real.


    Obrigada pelos coments *-*

    ResponderExcluir
  5. Sou loka pra ler Diário de uma Paixão.
    Ainda não assisti ao filme Querido John, mas agora fiquei mais curiosa. Haha


    ;)

    ResponderExcluir
  6. Sim, com certeza são intensos, no momento só li Querido John e A Última Música, o autor tem o costume de dramatizar muito pelo o que percebi.
    Estou com O Casamento na estante, que bom que gostou, me animou a leitura. Haha


    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Mariana guimarães09/11/2012 16:31

    Oi gih,
    parabéns pela resenha pois ficou muito legal... realmente praticamente todo mundo que leu esse livro queria que o final termina-se de outra forma.

    Beijos, me visita?

    www.amostradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Mari!
    Obrigada. Realmente a gente sempre espera um final diferente. Haha


    Bjs ^^

    ResponderExcluir