Resenha - Morte e Vida de Charlie St.Cloud


Autor(a): Ben Sherwood
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 304
Avaliação: ☆ ☆ ☆ ☆ 


Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Minha Opinião:

   O livro conta a história de Charlie St. Cloud e do seu irmão mais novo, Sam e do "elo indestrutível entre irmãos." Charlie nunca conseguiu se perdoar por ter causado o acidente que resultou na morte de seu irmão em um acidente de carro. 

"De todas as decisões impensadas naquela noite, esta com certeza foi a pior de todas. Charlie tentava ultrapassar a lua e, no último segundo, ele viu a imagem perfeita da felicidade. O rosto inocente de Sam olhando para ele. Um cacho castanho balançando em frente a sua testa. A luva Rawlings em sua mão. E, depois, somente vidro quebrado e escuridão."

   Treze anos se passaram e Charlie vive a mesma rotina, ele trabalha no cemitério da cidade, Waterside e desde a tragédia, Charlie recebeu o dom de enxergar Sam e conversar com espíritos que ainda não se decidiram a "passar para o outro lado". Todos os dias, no pôr do sol, Charlie e Sam se encontram na floresta para conversar e jogar beisebol; uma promessa que ambos fizeram de nunca abandonar o outro e fazer isso para sempre e durante esses treze anos, sempre no mesmo horário eles se encontravam.
   Charlie St. Clous se fechou para a vida, as pessoas da cidade o viam como o louco e estranho, não se interessa em romances e nada que pudesse afastá-lo de Sam, isso até o dia em que ele conhece Tess Carrol.
   Tess é uma mulher bela e vibrante, uma aventureira que sonha em velejar pelo mundo com o seu Querência. Eles se conhecem em uma situação um pouco... inusitada e a partir daí, Charlie e Tess começam um romance lindo, intenso e estranho. Promessas serão quebradas, Charlie precisará tomar decisões difíceis, mas importantes, aprender a dizer adeus, escolher entre a vida e a morte.
   É uma história de amor, fé, dedicação, de compromisso, esperança, sobre aceitar alguns fatos por mais dolorosos que sejam, sobre almas gêmeas e claro, sobre milagres. O livro é brilhantemente narrado por Flório Ferrente, Flório foi o bombeiro que salvou a vida de Charlie no dia do acidente. A história começa da seguinte forma: 

"Eu acredito em milagres. Não somente nas maravilhas da criação, como meu filho recém-nascido em casa sendo amamentado nos braços da minha esposa; ou nas majestades da natureza, como o sol se pondo no horizonte. Estou falando dos verdadeiros milagres, como transformar água em vinho ou trazer pessoas de volta da morte."

  Chega em uma parte da narrativa, onde algumas coisas tomam um rumo surpreendente que te deixa com o pensamento: Como eu não percebi isso antes? Esses fatos recém-esclarecidos me deixou ainda mais ansiosa para chegar ao final e saber claramente de tudo.
É um livro lindo, hipnotizante. Fiquei emocionada e completamente envolvida por essa história. 

"Assim é a vida e a morte. Todos nós brilhamos. Você só precisa libertar seu coração, aguçar seus sentidos e prestar atenção. Uma folha de papel, uma estrela, uma canção, um riso. Perceba as pequenas coisas, porque alguém está estendendo a mão para você.. Alguém o ama."


Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Morgan Nascimento03/12/2012 09:37

    Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  2. natalia vieira03/12/2012 09:41

    Olá, Lívia!

    Li esse livro recentemente e minhas expectativas relacionadas a ele não foram superadas, mas de certa forma me surpreendi com o desenrolar da estória em si, o autor possui uma escrita maravilhosa e encantadora.

    Abraços.

    Entre Livros e Livros.

    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li Lívia!
    Está na lista!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir