Resenha - Quase Pronta


Autor(a): Meg Cabot
Editora: Record
Número de páginas: 288
Avaliação: ☆ ☆ ☆ 


Samantha foi convidada a passar o final de semana na casa de campo do seu namorado que não é ninguém menos que o filho do presidente! David tem mil atividades programadas para eles, mas Samantha desconfia que ele a tenha convidado por outro motivo. E, se for verdade, ela não tem certeza se vai estar preparada...

Minha Opinião:

   Quase Pronta é a sequência do primeiro livro A Garota América, do qual eu gostei, sendo agradável, divertido e de leitura fluente.
Sam não imaginava a fama que alcançaria ao salvar a vida do presidente, e o inimaginável  acontece; ela começa a namorar um garoto! E não é qualquer garoto não é o “primeiro-filho”, David. Ao analisar o primeiro livro, não achei necessária uma continuação, mais como ela veio vamos ler! Haha.
  O interessante de Quase Pronta são as mudanças que acontece em alguns personagens, como por exemplo, Lucy à irmã, que prova que ao ser líder de torcida ela não precisa ser uma vadia malvada. Neste volume acontece importantes conversas entre as irmãs, e isto enriquece o enredo. A mudança também no tom capilar de Samantha (kkk), ela pinta o cabelo de preto e isto a transforma (aos olhares dos outros) a uma aberração gótica (eu hein). É serio gente acho que nunca li um livro onde tivessem tantos hipócritas quando em A Garota América.
   O livro se foca em somente um assunto, o transformando em algo um pouco cansativo para alguns, que foi a reclamação geral que eu vi em resenhas. Sim a Meg focou basicamente em Sam deve ou não “fazer você sabe o quê” (é desta maneira que Sam pensa haha), com seu namorado David. Após ele a convidar há passar um fim de semana com a família dele, ela encara o pedido como um comunicado de que eles vão “fazer você sabe o quê”, e isto iniciasse uma crise de decisões se ela deve ou não “fazer”. Uma fase cheia de neura adolescente sobre sua primeira vez.
   Eu ate me diverti com algumas neuras de Sam. Entretanto o que mais me irritou foi o fato que você só vai descobrir o que acontece nas últimas páginas, e logo após fim... Achei extremamente necessário umas 10 páginas a mais depois deste "fim", para que pudéssemos descobrir o que ela achou se suas neuras foram necessárias, essas coisas. Mais apesar de tudo eu curti o livro, e para aqueles que já leram o primeiro volume, Quase Pronta é uma boa pedida.

;)


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Helanaohara14/12/2012 15:57

    Sem livro, me lembrou aquele filme da Julie Stiles que ela namorava um príncipe.
    O enredo é semelhante.

    ResponderExcluir
  2. Dei 5 estrelas pra esse, acho maravilhoso

    ResponderExcluir