Resenha: O Lado Bom da Vida

Autor(a): Matthew Quick
Editora:   Intrínseca
Número de páginas: 254
Avaliação: ☆ ☆ ☆ ☆  


Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.



Minha Opinião:
  Pat  Peoples é um cara incomum, ele acaba de sair de uma instituição psiquiátrica a qual ele chama de “Lugar Ruim”, após passar algum tempo lá. Agora vivendo com seus pais, ele só tem um objetivo; acabar com o “tempo separados” e voltar para Nikki, sua esposa que ele ama demais, em consequência ele se compromete a ser um novo homem, esta praticando “ser gentil ao invés de ter razão”, esta lendo todos os livros que sua mulher indica para seus alunos, se compromete com Deus, virou um viciado em exercícios físicos, afinal ele quer estar em forma para Nikki. Pat é um homem ingênuo, que procura acima de tudo ver o lado bom das coisas, acredita que sua vida é um filme, e como tal irá ter um final feliz, ele acredita fielmente nas coisas boas da vida, independente de todos a seu redor achar que ele não tem razão.

  Neste contexto acompanhamos as conversar dele com seu terapeuta, a quem se tornam muito amigos. Acompanhamos a confusão mental de Pat quando ele descobre que simplesmente esqueceu anos de sua vida, e aquilo que ele acredita pode não ser verdadeiro. E um detalhe importante é sua amizade com Tiffany, cunhada de seu amigo.
   Tiffany passou e ainda passa por momentos delicados, e sofre para manter sua sanidade mental (como Pat), por causa de uma perda hoje ela é uma mulher diferente. A amizade entre ambos é algo completamente incomum, eles falam pouco, mantém uma amizade estranha, mas que independente disto apreciam a companhia um do outro.
   Pat nos conquista com sua ingenuidade e sua positividade, já Tiffany é sua maneira intrigante que literalmente nos intriga! Desejamos descobrir mais sobre ela, desvendar seus mistérios. Falando em mistérios, os anos que estão “escuros” na mente do narrador, Pat, também nos mantém no escuro, e desejamos descobrir o que exatamente aconteceu, o que causou um dano mental em um professor de universidade? É intrigante.
   Pat possui uma narrativa fluente e simples, sua maneira de pensar de acreditar no lado bom da vida é o que nos conquista. O enredo pode parecer algo simples, mas a maneira que tudo segue,  como se transforma é algo até mágico, eu gostei.
   Só tenho duas observações a fazer, primeiramente é livro fala muito de futebol americano (Eagles), certo parece que o país é fascinado pelo time, é pai, irmã, amigo, terapeuta, todo mundo ama os Eagles (todos exceto Tiffany ela Odeia Futebol), esta maneira descritiva do time, dos jogos não me agradou como um todo, possui sim momentos legais e tal, mas poxa fala muito de futebol! A segunda coisa, eu gostei da capa, da edição em si, mas o tamanho da letra ta muito pequeno! Hahah. Tô acostumada com letras maiores. Mas enfim.
   Para quem busca uma leitura diferente e rápida o livro é uma ótima indicação. Eu gostei do livro, da história, mas diferente de muitos que se “apaixonaram perdidamente” eu só gostei. haha
  Ahh como sabem, o livro foi adaptado para o cinema, eu já assisti o filme e achei regular...Foi muiiiiito diferente do livro, mas isso sempre acontece. Ai aii

Ps: Seii que o blog ficou super abandonado esta semana, mas acreditem, esta semana foi uma loucura!
Primeiramente, vou se mamãe! Feliz D+++++++++++
E com isso, meu curso técnico ficou de lado (sim era ele que estava acabando com meu tempo), então as coisas vão voltar a ser um pouco mais agitadas por aqui... ;)

Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Oie!

    Eu tenho este livro e ainda não li, mas parece ser bom!

    Parabéns, vais ser mãe!! :D

    Beijos*

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Gih! Que Deus te abençoe nessa nova empreitada!!!! Muita felicidades a vcs!

    Eu quero muito ler este livro, me recuso a ver o filme antes.
    Adorei sua resenha, fiquei mega curiosa!

    bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Parabéns e que sua gravidez seja bem tranquila e feliz!

    Já tinha lido que a adaptação é bem diferente da trama original.

    ResponderExcluir
  4. Oi Gih!

    Tivemos as mesmas impressões sobre o livro, eu gostei, mas apenas isso. É uma leitura divertida, mas achei cansativa em algumas partes e essa foi uma das raras exceções em que prefiro o filme ao livro.
    Parabéns pelo baby e que venha com muita saúde!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler esse livro devido a temática dele. Uma pessoa com problemas psiquiátricos/mente e que quer recompor sua vida, não é algo típico. Esse livro me atraiu muito devido a isso.

    ResponderExcluir
  6. Muita gente fala super bem desse livro (e do filme também)...Mas por mais que me falem bem, nao consigo criar interesse para ler! Poxas, romances são chatinhos =(

    ASIAUSHIUAHSIUAHS

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pra futura mamãe! Não existe presente mais lindo que esse.
    E eu sei como cursos roubam bastante do nosso tempo.
    Enfim...
    Esse é um dos livros que eu estou louca pra ler. Parece ser diferente e envolvente.
    Ainda não vi o filme, pois quero ler o livro antes.
    Esse passado oculto do narrador me instiga. Fiquei louca pra desvendá-lo e ver o que suas memórias escondem.

    ResponderExcluir
  8. Parabéeeeeeeeeeeeeeeens!! Que o bebezinho venha com muita saúde!!
    Então, esse livro eu ainda não li mas não sabia que tinha tanta coisa de futebol assim. Nem o filme eu assisti ainda, rs. Pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  9. Ownn, que fofo! Desejo muita felicidade para você, seu bebê e sua família :D
    Primeiro eu ouvir falar do filme do que do livro. Mesmo eu sendo amante de filmes, não fiquei com vontade de assistir esse, não sei porque. Então por causa disso eu também fiquei sem vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  10. Como já citei, assisti O lado bom da Vida e amei \o/
    Claro que estou ansiosa pelo livro, já que os livros são sempre melhores... então expectativas muito altas.
    E awm vai ser mamãee <33333333333 que demais.

    ResponderExcluir